sábado, 27 de dezembro de 2008

..



É de lágrima
Que faço o mar pra navegar
Vamo lá!
Eu não vi, não, final
Sei que o daqui
Teimou de vir, tenaz assim
Feito passarim

É de mágica
Que eu dobro a vida em flor
Assim!
E ao senhor de iludir
Manda avisar, que esse daqui
Tem muito mais amor pra dar


-Marcelo Camelo

O amor é nesse momento chuva
Vento vira apenas desalento
Brilhando a cem metros de mim
As luzes se escondendo no breu
O vazio se torna estável
E a passagem eterna
São gotas de desamor
Se espalhando entre meus olhos
Já molhados pela dor
Não consigo guardar a chuva
Momentaneamente não guardo o amor
Deixo que a levem daqui
Secando lágrimas com sopros...


"HTML"

Nenhum comentário: