sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Fez-se amor dentro de mim...


Tu és a manhã de sol ofuscando o próprio feixe de luz refletida em meu corpo. Tu és o sereno da noite que chega mansinho acariciando minha alma. Meus olhinhos ao encontro dos teus, refletem o brilho lunar, deixando rastros luminosos por onde passo. Suas mãos macias tão quentes asseguram meu corpo de qualquer mal existente. Beijar-te é ir além do próprio além. Beijar-te é sentir o vento agressivo acariciando minha pele.
Beijar-te é voar, é liberdade... Quero contigo destrinchar os segredos da felicidade eterna. Sonhar contigo é quando como meu corpo está completamente imerso nas profundezas do oceano, onde a paz se faz plantada na areia molhada. O calor do seu corpo é um refugio das incertezas da vida. Juntos, não somos constituídos de matéria, apenas a alma ali se faz presente.

Quero nascer para cuidar-te
Quero morrer para sentir-te
Quero viver para amar-te

‘’Somos a semente da esperança dos amores verdadeiros. ’’

Nenhum comentário: