sexta-feira, 19 de junho de 2009

A espera o transforma na





submissão do tempo, delicado e



im pro



vi so.

Nenhum comentário: