segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Era uma vez...

A puta safada, era Angela.
O canalha sem-vergonha, Mauro.


Angela, toda suja de merda reclamava dizendo:

- Quero uma vida melhor, rodeada de ouro e prata para ser feliz eternamente...

Angela, conheceu o ordinário, o cafajeste, Mauro.
Era um dia feio, com odores de lixo azedo...
Foi tudo tão feio, que eles se apaixonaram loucamente!
Mauro dizia para Angela que ia dar a vida que ela queria, casa, dinheiro, mais dinheiro. Angela sorria como nunca, seus olhos brilhavam, era a sua FELICIDADE!

Meses depois...


Angela, bichinha, morreu junto de todo o lixo da cidade, foi terrível!
Um assassinato frio. E ninguém nunca soubera quem teria feito aquilo.
Nem faziam questão, era perda de tempo, diziam as autoridades.




e Mauro, foi em busca da sua deusa, da sua musa inspiradora, do seu mais lindo e puro amor...

Nenhum comentário: