terça-feira, 27 de outubro de 2009

Colisão

Braços e mentes juntos em uma única união docente. Apegos, afagos passados do tato ao sentimento, desenhados por apenas alguns dedos tocados. Na frieza do calor ao passo que passa por transmutações de afeto, rasgando o que fora costurado por questões de segundos e penetrando veia adentro dos poros que restam. A cada pigmento congelado onde nem o clarão do céu o derrete ver-se que suas partículas não detêm nenhum átomo de sentimento. Ligando a dor com o sofrimento, catalisando somente uma solidão finita, a ponto de um dia inexistir, começando outro ciclo de medo e paixão no coração do ser inativo.




"HTML"

Nenhum comentário: